É como o cachorro e a roda do carro!

Sabe, sempre ouço várias pessoas dizerem que não se deve desistir dos sonhos, e acredito que isso seja uma grande verdade. Tanto penso nisso que não desisto dos meus, por mais difícil que se mostre o caminho, ainda por cima tento motivar outras pessoas para que também não desistam. Dizer que: “No fim dá tudo certo”, é quase um chavão, já virou até letra de música, como diz Gabriel Pensador em “Tudo Certo”:

[...]Confie em mim que no fim dá
Tudo certo[...]
[...]Se ainda não deu certo é porque ainda não chegou no fim[...]

Eu pessoalmente não diria que no fim é que dá certo, tampouco diria que se deu certo é pq chegou no fim, mas sim que o “certo” somos nós que construímos ao longo do caminho e quando ele chega é apenas o começo de tudo. Não podemos viver esperando por algo, e supondo como nós seríamos se alcançássemos tal objetivo, temos que chegar lá e viver o nosso ideal com plenitude. Parece que falar é fácil, e realmente é, porém é mais fácil ainda conquistar quando temos fibra e garra, pois a vida nos testa e MUITO. Durante o caminho sempre pensamos: “Caramba, eu acho que tudo está perdido, e só resta o abismo”, não pensemos assim, afinal é uma miragem ruim que a vida nos impõe.

Falei um pouco nos 2 primeiros parágrafos sobre não desistir dos sonhos, inclusive comentei como e o quanto as pessoas nos falam isso. Porém NUNCA ouvi de ninguém, ao não ser dos meus grandes treinadores Neto e Éveli, o que se deve fazer quando alcançamos nosso ideal. Desta maneira se explica o título do post “É como o cachorro e a roda do carro”. Afinal, você já deve ter visto diversos cães correndo atrás de rodas de carro, eles correm com muita garra pelo seu objetivo “A Roda”. Porém, quando o carro pára, e eles alcançam, saem andando normalmente como se nada tivesse acontecido. Ou seja, conseguem o que querem, e sabem como chegar lá, mas depois disso jogam a oportunidade fora.

Parece um exemplo bobo, mas se bem observado nos passa uma lição enorme. Devemos nos preocupar não só com nossos objetivos, mas também com as consequências deles.

Aprenda com seu passado, execute o seu presente, projete e também execute o seu futuro!

Rodrigo Gonçalves – 22/02/2010

Quero fazer referência a uma grande leitora e divulgadora do Blog, Mayra Yaedu. Obrigado!


One Response to “É como o cachorro e a roda do carro!”

  1. Por mais que nos falem, é muito difícil entender que há um tempo certo para tudo. Confio muito no tempo de Deus!
    Muito obrigada pelas palavras, vieram na hora exata; obrigada pelo apoio e compreensão; obrigada por ser meu amigo escritor!

    Podes confiar que é a tua fã número um quem escreve!
    Beijão, sucesso!

Leave a Reply